quinta-feira, 14 de abril de 2011

Mais sobre os novos fragmentos do Evangelho de Judas

Ano passado escrevi um post aqui no blog sobre os novos fragmentos do Evangelho de Judas.


Ontem, em um dos encontros semanais que temos aqui na Université Laval, o Seminário BCHN, o Prof. Louis Painchaud nos falou um pouco mais dos novos fragmentos do Evangelho de Judas, cujas fotos e reconstruções textuais estão disponíveis no site do Prof. Gregor Wurst desde janeiro desse ano (outros fragmentos do codex Tchacos também estão disponíveis):


A maioria desses novos fragmentos apenas confirma o preenchimento de algumas lacunas já proposto pelos editores. No entanto, alguns deles, como os das páginas 55/56 e 57/58 trazem novidades interessantes para a interpretação do texto. Como eu já havia dito no post do ano passado, o fragmento em específico das páginas 57/58 preenche uma lacuna importante, que se encontrava no meio do diálogo final entre os personagens de Judas Iscariotes e Jesus. O trecho em questão narra a ascensão de um dos dois personagens; mas por causa da lacuna, não se podia saber ao certo se quem subia aos céus era Jesus ou Judas. Com o novo fragmento, pode-se afirmar que quem sobe aos céus é Jesus; o novo fragmento pode ser traduzido da seguinte maneira: "E Judas parou de ver Jesus".
Ou seja, como Jesus subiu na nuvem e ascendeu aos céus, Judas não conseguiu mais vê-lo.
Com isso, a sugestão de que a ascensão em questão seria uma espécie de elevação final do personagem de Judas, uma exaltação, cai por terra de vez. Mas claro que vai aparecer gente dizendo o contrário....

O fato é que a interpretação inicial divulgada pela National Geographic e seus editores - segundo a qual o texto traria uma nova interpretação do episódio da traição de Jesus e uma consequente reabilitação de Judas - fica há cada dia mais insustentável. Alguns estudiosos, como o próprio Gregor Wurst, já voltaram atrás.

2 comentários:

Aline disse...

Oi Júlio, muito interessante o post. Mas letra é meio difícil de ler, é muito clarinha. Será que estou ficando velha? Abraços!

Julio Cesar Chaves disse...

Você se refere à letra que uso para postar no blog ou às letras das fotos do manuscrito?